segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Almoço de domingo leve e gostoso

Volta e meia vou ao mercado do produtor na Barra da Tijuca para comprar peixe. Faço isso há anos e já conheço todo mundo na área. Tem as bancas de peixe fesco, camarão ferro de mar alto que é o mais gostoso, lula, polvo, carne de siri catado, cavaquinhas, lagostins, enfim , tudo que eu gosto e que vem do mar. Tudo bem que o nosso Oceano Atlântico  Sul não é lá essas coisas. No Chile, os mercados de peixe, crustáceos e moluscos do Pacífico,  em Santiago, Valparaíso e nas cidades do Sul, Puerto Varas e Puerto Montt são uma coisa divina. Do outro lao do Atlantico, em Lisboa, a coisa já muda. Na Noruega é um espetáculo. O Mediterraneo  arrebenta. Em Barcelona, a Boqueria é luxuosa,  E feira do Rialto, em Veneza , no Adriático, é da gente se ajoelhar e rezar tamanha a variedade e fartura. Mas um bom mercado de peixe é sempre um divertimento pra mim. E o da Barra da Tijuca sempre tem coiss boas. Neste ultimo domingo fomos lá atrás de uns pargos. A vendedora, de quem já fiquei fã, abriu os peixes e foi na outra loja, onde eu já comprava verduras e frutas, com minha amiga Emilia, avisar:
- Olha, Sandra, abri os pargos para limpa e não achei legal... Leva os vermelhos que estão bem  fresquinhos.

Estavam perfeitos. Em casa fizemos os peixes no forno, assados no laminado por meia hora, em forno baixo a 150 graus e no final  abri os  envelopes e deixei um tempinho a mais a 200. Tempero? Azeite, sal, pimenta do reino e umas ervinhas de nada na barriga deles. Gosto puro de peixe fresco de carninha branca e tenra.
Acompanhamos com um couscous feito com castanhas, amendoas, passas, abobrinhas e camarões grelhados no azeite , alho e cebola. De perfume, uma pitada de um tempero marroquino. Na entrada, punhetas de bacalhau , uma baguetinha crocante e um queijo da serra que compramos na Deli que fica na frente do mercado do peixe.   Um vinho espanhol Carchelo que comprei na Vinci  fez as honras da casa.  Foi só. Um almoço dos deuses na companhia de bons e velhos amigos, Rosa, Ely, Toninho, Emilia e também dos filhos e do neto.  Não pode haver domingo  melhor do que esse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário